Hospital Frei Galvão

Telefone:

Hospital Frei Galvão -

Nutrição

A COZINHA PRÓPRIA DO HOSPITAL GARANTE A QUALIDADE NO ACOMPANHAMENTO NUTRICIONAL INDIVIDUALIZADO

Nutrição-e-Dietética

O Departamento de Nutrição Clínica tem como objetivo principal prestar assistência aos pacientes para a manutenção e/ou recuperação do estado nutricional, auxiliando-os durante todo o tratamento, proporcionando assim uma melhoria da qualidade de vida.

Com o objetivo de atenuar as consequências advindas da neoplasia, minimizar os efeitos colaterais do tratamento, e ciente da necessidade de se instituir terapia nutricional tão logo quanto possível, o Departamento e Nutrição Clínica realiza um acompanhamento nutricional individualizado, levando-se em conta: os parâmetros clínicos, dietéticos, avaliação antropométrica, bioquímica, imunológica e exame físico do paciente.

PLANEJAMENTO DA TERAPIA NUTRICIONAL

De acordo com o planejamento nutricional define-se a conduta dietoterápica que melhor se adapta ao paciente, levando-se em consideração as suas necessidades e condições fisiológicas e nutricionais. Para isso é escolhida a terapia nutricional mais adequada à administração de nutrientes por via oral, enteral e/ou parenteral, com o objetivo de manter e/ou recuperar o estado nutricional dos pacientes.

Via Oral: deve ser preservada sempre que possível por ser a mais fisiológica, sendo indicada quando a quantidade de alimento ingerido é suficiente para atender às demandas nutricionais do paciente. O paciente é alimentado com refeições completas e fracionadas ou pela associação de suplementos orais.

Via Enteral: é indicada quando o paciente está impossibilitado de se alimentar por via oral (cirurgia, disfagia, anorexia, obstrução esofágica, inconsciência), mas apresenta as funções digestivas e absortivas do trato gastrointestinal íntegras. A terapia é feita através da administração de nutrientes “in natura”, ou fórmulas industrializadas nutricionalmente completas, utilizando-se sondas de alimentação, que podem ser sondas nasoenterais (com localização gástrica ou pós pilórica), gastrostomias ou jejunostomias dependendo da indicação e das condições do trato gastrointestinal do paciente.

Via Parenteral: é indicada quando o trato gastrointestinal não está normal anatomicamente ou funcionalmente. É feito através da administração de nutrientes diretamente na corrente circulatória, por meio de um cateter colocado no sistema venoso (veia periférica: soluções isotônicas ou ligeiramente hipertônicas; veia central: soluções hipertônicas).

Nutricionista – Dra. Déborah Monteiro Santos